BEM-VINDO AO FUTURO DE BRASÍLIA!

Estamos fazendo hoje, o futuro de Brasília e do Distrito Federal.




CONHEÇA O TRABALHO DO CODESE/DF

Você tem algum projeto para nossa cidade? Compartilhe conosco.


ENVIE O SEU PROJETO

Um caminho sem volta: a sociedade quer participar ativamente do governo

Artigo escrito pelo Presidente em Exercício do Codese DF – Luiz Carlos Botelho
16/09/2017
FONTE: Assessoria Imprensa Codese

Criado há menos de 90 dias, fruto do esforço voluntário do setor produtivo e da sociedade civil organizada, o Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do Distrito Federal –Codese DF, deixou rapidamente as fraldas para assumir um papel ativo na vida de Brasília. Sem conotação partidária e responsabilidades distribuídas entre as 17 câmaras técnicas, formadas hoje por 250 técnicos, profissionais, empresários e acadêmicos, que emprestam seus talentos para criar soluções para  minimizar as agruras da cidade.
O Codese vem para despertar a capacidade de formulação de políticas e projetos ao tempo em que cria condições de financiar e empreender o território através de negócios que se sustentem no tempo e potencializem o uso da inteligência disponível na cidade. Embora seja uma urbe com grande volume de capital intelectual, rotineiramente esse capital está ocupado em cumprir, no governo, meras missões burocráticas. O que buscamos é agregar essa inteligência e dar rumo às propostas por elas geradas. Procuramos aproveitar os ventos quando favoráveis para articular orgânica e sistemicamente uma linha de entendimento entre quem produz, dá emprego e paga impostos.
O Codese é uma reação ao estado de descalabro que assistimos nos últimos anos. O Estado vem aniquilando as empresas que, sem recursos não têm como pagar os impostos devidos. Brasília tornou-se uma “cidade proibida”. As classes produtoras, que garantem ao erário estadual os recursos para manter em funcionamento o aparato público, estão exauridas. Precisamos desobstruir o aparato público e não impedir que o desenvolvimento seja destruído pelo “custo Brasília”, que vem sufocando aqueles que produzem e dão emprego.
Preconizamos um governo menor e mais eficiente, que incentive o empreendedorismo e traga inovação institucional que permita reinventar as formas de atuação do setor público com o propósito de ampliar a competitividade da economia. Um governo menor, onde os servidores saibam que estão ali para servir ao público que lhes paga, certamente vai permitir que parte dos recursos usados na manutenção deste enorme aparato burocrático sejam alocados em programas de capacitação e educação. Assim conseguiremos aumentar a produtividade dos colaboradores e garantir maior eficiência às empresas.
Já sentimos, entre alguns membros do primeiro escalão do governo, uma brisa de inovação quando defendem maior eficiência e investimentos, coisas que reconhecem não ser próprio do estado de hoje. Situação que vem sendo “aprimorada” há muito tempo. Concordam que é preciso destravar as ações, buscar recursos via privatizações. Mas, reconhecem a dificuldade de adotar modelos de gestão modernos por pressão das corporações públicas. O governo, paquidérmico, já não pertence à sociedade, mas a seus funcionários.
O Codese se propõe a batalhar, junto com estes técnicos de visão, e por desejo da população, buscando um estado mais enxuto e eficiente. Hoje, o estado está privatizado pelas corporações, que, praticando ações burocratizantes, impedem o desenvolvimento da cidade, sepultando todas as tentativas de modernização, promovendo exigências descabidas àqueles que desejam participar da produção. Uma das missões do Codese é justamente colaborar para desobstruir os canais que vêm impedindo a modernização do estado.  E, livre dessas amarras, esperamos que ele possa participar mais ativamente do desenvolvimento econômico e social, sustentável e estratégico tão esperado pela sociedade contribuinte. Procuramos atiçar agendas compatíveis com todos os setores do poder público, Executivo, Legislativo e Judiciário, que, em comunhão com as expectativas da população, possam operar suas máquinas em benefício de todos.
Do Estado precisamos de dados confiáveis e informações qualificadas para conseguirmos trilhar um caminho rumo às propostas viáveis para o desenvolvimento sustentável. E isto pressupõe eficiência na gestão pública, onde podemos cooperar. Independente dos governantes de ocasião, e enfrentar os grandes desafios, permitindo maior integração e eficiência entres todos os setores envolvidos, com um único e indissolúvel propósito: alavancar projetos estruturantes, instituir mecanismos de participação e controle efetivos que garantam o bem estar da população.
Para que isto se torne realidade, o Codese vai apresentar propostas concretas para a implantação de um novo modelo de governança, mais transparente e integrado, onde as iniciativas do setor público, privado e da sociedade civil organizada tenham como meta a melhoria de vida da população. No próximo ano vamos apresentar aos candidatos ao GDF todo um arcabouço de sugestões do que queremos e como realizar esses desejos da sociedade.
Vamos colocar à mesa e negociar com eles os compromissos de fazê-los. Compromisso que, se aceito e garantido em cartório, será acompanhado pela sociedade e fiscalizado pelas ações do setor produtivo, que informará à população toda a fuga, ou todo elogio.  A fuga trará danos políticos àqueles que quebrarem as promessas. O Codese, atento, seguirá os passos e a gestão da cidade, que esperamos poderá oferecer expectativas de uma vida melhor para seus habitantes. Cremos que isto será possível, pois Brasília, através de uma gestão eficiente e compartilhada, pode voltar a ser um bom lugar para se morar.

0 Comentários |



SIA Trecho 2/3 Lote 1.125 2º andar
Brasília/DF - CEP 71200-020
Tel.: (61)3234.8310 - Ramal: 215
codesedf@gmail.com
Jornal CODESE EM AÇÃO
Edição de Novembro/2019

 

 


Copyright ©2019 CODESE/DF
desenvolvido por