BEM-VINDO AO FUTURO DE BRASÍLIA!

Estamos fazendo hoje, o futuro de Brasília e do Distrito Federal.




CONHEÇA O TRABALHO DO CODESE/DF

Você tem algum projeto para nossa cidade? Compartilhe conosco.


ENVIE O SEU PROJETO

O que você quer para sua cidade em 20 anos?

Brasília tem a oportunidade de ser um laboratório para o Brasil .
26/05/2019
FONTE: Tereza Sá/CBIC

Como contribuir para o desenvolvimento da sua cidade enquanto cidadão? A pergunta é uma das diversas provocações que embasaram o “Diálogo CBIC: O Futuro da Minha Cidade", realizado no dia 10, no Pontão do Lago Sul. Promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), com correalização do SESI Nacional, o programa desperta o protagonismo da sociedade civil para planejar o futuro das cidades, por meio de um Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico (Codese).

 

O debate mediado pelo jornalista Gilberto Dimenstein, fundador da Catraca Livre, contou com a participação de Ibaneis Rocha governador do Distrito Federal, José Carlos Martins presidente da CBIC, Silvio Barros coordenador do projeto e Paulo Muniz presidente do Codese-DF.

 

O programa convida gestores a ouvir o cidadão, planejar, gerenciar e cumprir as metas apresentadas, modernizar as estruturas, simplificar procedimentos e enxergar novas oportunidades. O envolvimento de toda a comunidade é necessário para o sucesso, de acordo com a CBIC, o principal objetivo é melhorar a qualidade de vida. O programa visa transformar os cidadãos em protagonistas no planejamento econômico e sustentável do futuro das suas cidades a curto, médio e longo prazos.

 

O objetivo é “mobilizar e sensibilizar a sociedade para que ela tome decisões hoje, assegurando o futuro que ela vai querer ter”, afirmou o coordenador do projeto e ex-prefeito de Maringá (PR), Silvio Barros.

 

“Já que a mudança é inevitável, você quer ser refém ou protagonista? A CBIC optou por ser protagonista”, disse o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, sobre a decisão da entidade de criar o projeto, em correalização com o SESI Nacional.

 

A ideia do programa nasceu em 2012, após a experiência de sucesso em Maringá-PR com a criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico (Codem) em 1996, para planejar a cidade em 20 anos. As ações pensadas em conjunto apresentadas aos gestores, independente do tempo de mandato tornaram possível a participação da sociedade civil no futuro da cidade. Atualmente, a iniciativa está em 28 cidades do país.

 

Brasília do futuro

 

Brasília se destacou pela atuação ativa do Codese-DF que, no segundo semestre de e 2017 pautou seu trabalho nos ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis , com o alinhamento na Agenda 2030 da ONU,, do qual o Brasil é signatário. “Não apenas seguimos as ODS, mas também pegamos as nossas metas e atrelamos a elas”, afirma Paulo Muniz, presidente do conselho. As propostas formaram o documento “O DF que a gente quer!”, que teve a participação voluntária de 240 membros da sociedade civil, empresários, técnicos e acadêmicos, representantes de mais de 90 entidades de diversos segmentos. O documento foi apresentado a todos os candidatos ao governo.

 

Após as eleições, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, convidou o Codese para participar do governo de transição, e atualmente vem contribuindo de forma estratégica em várias temas e projetos do governo. “Brasília tem a oportunidade de ser um laboratório para o Brasil. Eu tenho tentado levar isso ao governo federal mostrando que as experiências aqui são muito mais fáceis de implantar porque você consegue colher o resultado”, ressalta Ibaneis.

 

“No balanço dos 100 dias de governo Ibaneis, mais de 25 ações já estão emplacadas e outras a caminho”, destaca o presidente do Codese-DF, Paulo Muniz.

 

A simples decisão de manter as delegacias abertas por 24 horas, com um adicional de custo médio de R$ 280 mil – medida proposta pelo Codese-DF –, resultou na efetiva redução de cerca de 40% da criminalidade no DF. “O político tem que entender que é mandatário e quem deu o mandato foi a sociedade e, por isso, tem que respeitar e saber o que a sociedade está buscando”, ressalta Ibaneis.

0 Comentários |



SIA Trecho 2/3 Lote 1.125 2º andar
Brasília/DF - CEP 71200-020
Tel.: (61)3234.8310 - Ramal: 215
codesedf@gmail.com
Jornal CODESE EM AÇÃO
Edição de Novembro/2019

 

 


Copyright ©2019 CODESE/DF
desenvolvido por