BEM-VINDO AO FUTURO DE BRASÍLIA!

Estamos fazendo hoje, o futuro de Brasília e do Distrito Federal.




CONHEÇA O TRABALHO DO CODESE/DF

Você tem algum projeto para nossa cidade? Compartilhe conosco.


ENVIE O SEU PROJETO

Sistema inteligente melhora gestão do transporte público na capital

Codese tornou possível o uso da tecnologia para operação do Centro de Supervisão Operacional
30/10/2019
FONTE: Gabriel Jabur/Agência Brasília

O sistema para melhoria da gestão do transporte público no Distrito Federal doado ao  Governo o Distrito Federal (GDF) pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do  Distrito Federal (Codese/DF) com apoio e suporte técnico da EGL Engenharia está em fase de uso efetivo. Cerca de 3.000 veículos serão monitorado, contemplando a frota operacional e reserva do DF.

 

Sem custos para o governo do DF, o  conjunto de sistemas computacionais de ITS (Intelligent Transportation Systems) para operação do Centro de Supervisão Operacional (CSO) desenvolvido pela EGL Engenharia monitora, consolida, analisa e gerencia dados de todas as atividades operacionais das concessionárias de transporte coletivo. A EGL Engenharia foi criada com o objetivo de implementar soluções inovadoras nas áreas de transporte e de cadastro urbano. Desde 2002 atua no mercado, reúne uma equipe multidisciplinar e especializada conferindo trabalhos modernos, singulares e de alta qualidade. 

 

CSO

George Lavor Teixeira, diretor da EGL Engenharia, destaca que o sistema tem foco na gestão do transporte com objetivo principal de melhorar a fiscalização, o controle e o planejamento do serviço. “O sistema visa garantir a prestação do serviço com qualidade, através do controle de viagens, horário de saída dos ônibus, monitoramento de percurso e apontar possíveis atrasos em tempo real”. 

 

Segundo Teixeira, o sistema para o Centro de Supervisão Operacional já foi apresentado para a área técnica do DFTrans e validado para implantação nos servidores do transporte público. ‘Nesta etapa de início do uso efetivo ocorrem as adequações de estabilização e transmissão de informações pelas concessionárias, que atualmente já transmitem os dados de forma provisória”. A expectativa é que entre em uso completo logo após a reestruturação do DFTrans, recentemente extinto, e cujo quadro técnico está sendo incorpordo à Secretaria de Mobilidade do Distrito Federal. O sistema também possibilita o envio de dados para alguns sistemas de informação como o aplicativo DF no Ponto, agora com mais informações e precisão.  

 

Soluções inteligentes

Desafio para os gestores de grandes cidades, o transporte público em Brasília há cerca de um ano estava entre os 10 piores sistemas no mundo, segundo estudo americano da Expert Market. Os passageiros aguardavam em média 28 minutos para o embarque. 

 

Mas o Codese, antenado em soluções inteligentes, propôs melhorias ao governo por meio da adoção de novas tecnologias, mediando a doação do sistema para implantação e operação do Centro de Supervisão Operacional, principalmente por participar do movimento das Smart Cities (cidades inteligentes) no mundo.

 

Acordo de Cooperação Técnica

No dia 07 de agosto de 2018, o Conselho de Desenvolvimento Econômico Sustentável e

Estratégico do Distrito Federal (Codese), por meio da empresa EGL, firmou o Acordo de

Cooperação Técnica n.º 01/2018, para viabilização não onerosa de serviços técnicos especializados em Engenharia de Transportes e Tecnologia da Informação. O acordo prevê o fornecimento de ITS (Intelligent Transportation Systems), visando à implantação e operação do Centro de Supervisão Operacional (CSO) para serviços de transporte de passageiros no Distrito Federal.

 

Transparência

O CSO permitirá a supervisão do Sistema de Transporte Público e Coletivo do

Distrito Federal (STPC/DF) e contará com o Sistema de Supervisão Operacional (SSO) e toda a infraestrutura tecnológica, produzindo informações fidedignas que serão utilizadas pelas áreas de Planejamento e Fiscalização e, não menos importante, estarão disponíveis

também ao cidadão.

 

O termo permite a realização de estudos de engenharia de transportes para identificação de gargalos nos serviços e processos atuais, e proposição de novos processos de gestão, sendo complementados pela implementação de sistemas computacionais do tipo ITS que apoiem os novos processos de gestão revisados.

 

Desta forma, o objetivo geral do projeto é dotar o GDF de ferramental moderno para o gerenciamento dos serviços de transporte, permitindo a evolução e melhoria permanente dos serviços, trazendo maior transparência para a gestão, e beneficiando diretamente toda a população do DF que utiliza estes serviços.

0 Comentários |



SIA Trecho 2/3 Lote 1.125 2º andar
Brasília/DF - CEP 71200-020
Tel.: (61)3234.8310 - Ramal: 215
codesedf@gmail.com
Jornal CODESE EM AÇÃO
Edição de Novembro/2019

 

 


Copyright ©2019 CODESE/DF
desenvolvido por