BEM-VINDO AO FUTURO DE BRASÍLIA!

Estamos fazendo hoje, o futuro de Brasília e do Distrito Federal.




CONHEÇA O TRABALHO DO CODESE/DF

Você tem algum projeto para nossa cidade? Compartilhe conosco.


ENVIE O SEU PROJETO

Energias renováveis, um salto para o futuro

O DF que sonhamos: na vanguarda da eficiência energética e sustentabilidade, depende de ações do poder público para destravar as amarras que impedem seu desenvolvimento.
15/01/2018
FONTE: Internet

No Brasil, a participação das hidroelétricas na geração de energia elétrica é de 70%. As eólicas e as fotovoltaicas, alcançam 10%. As concessionárias estão sob grande pressão,  em razão do aumento da demanda elétrica e à baixa diversificação da geração. Esta situação tem levado a que sejam ativadas as centrais  termoelétricas, que poluem muito e geram aumento dos custos da eletricidade. 
A fragilidade orçamentária, o impacto ambiental, tempo de construção e a instalação de novas linhas de transmissão, impedem que o Governo Federal e os Governos Estaduais suportem o ônus da construção de novas hidroelétricas. Porque não buscar formas alternativas para garantir a produção de energia limpa? 
Para a Câmara de Energias  Renováveis do Codese, Brasília pode se tornar um modelo de políticas públicas em eficiência energética e sustentabilidade. Mas, isto exige interesse e providências do governo. 
Fernando Brites, gestor da CT salienta ser preciso estimular implantação de empresas de tecnologias sustentáveis; grandes centrais de geração de energia fotovoltaica nas áreas públicas e mini/micro geração nas residências, comercio e indústria; recuperação e valorização de Resíduos Sólidos Urbanos e geração de energia através da Biomassa.
Além disso, é preciso melhorar a eficiência Energética implantando LED em todas as vias públicas e ambientes internos e externos; oferecer financiamentos favoráveis para clientes de LED, painéis e equipamentos solar fotovoltaicos; e, principalmente, favorece as fábricas de equipamentos com incentivos para instalação de indústrias de LED, e equipamentos solar fotovoltaicos no DF e na RIDE.
Adotando essas providências, admite Brites, Brasília poderá se transformar em modelo de vanguarda de política pública em eficiência energética e sustentabilidade, limpa e renovável; construções de centrais fotovoltaicas para atender acrescente demanda de energia, alavancando o desenvolvimento econômico.
 É preciso adequar a legislação para a instalação de sistemas de mini e microgeração distribuida em Empresas, Industrias e Residencias, permitindo a geração de sua própria energia imune a apagões, aos aumentos do custo e apagões; organizar programas de financiamento para a instalação de sistemas de mini e microgeração distribuida em Empresas, Industrias e Residencias.

0 Comentários |



SIA Trecho 2/3 Lote 1.125 2º andar
Brasília/DF - CEP 71200-020
Tel.: (61)3234.8310 - Ramal: 215
codesedf@gmail.com
Jornal CODESE EM AÇÃO
Edição de Novembro/2019

 

 


Copyright ©2019 CODESE/DF
desenvolvido por