BEM-VINDO AO FUTURO DE BRASÍLIA!

Estamos fazendo hoje, o futuro de Brasília e do Distrito Federal.




CONHEÇA O TRABALHO DO CODESE/DF

Você tem algum projeto para nossa cidade? Compartilhe conosco.


ENVIE O SEU PROJETO

Energia renovável e sustentável, um projeto à disposição de todos

Brasília poderia gerar, pelo sol, energia para toda a região
27/06/2018
FONTE: Internet

    Os governantes de Brasília nunca saíram da zona de conforto: recebem fartos recursos do Fundo Constitucional e milhões de impostos IPTU, IPVA e outras tantas taxas que oneram a população. Por isto, nunca se preocuparam em incentivar a implantação de novas tecnologias, na moderna e atrativa capital federal.  Fernando Brites, gestor da CT de Energia Renováveis do Codese, lamenta o pouco caso das autoridades na promoção de intervenções necessárias para estimular a implantação de empresas de tecnologias sustentáveis, menos onerosas e mais propícias a garantir a manutenção dos recursos naturais. 
       Mesmo com abundante irradiação solar, praticamente toda a eletricidade consumida em Brasília é gerada em outras regiões (80% vindo da Usina Hidrelétrica de Furnas e 20% da Itaipu), distantes e em constante risco de queda da produção. Estudos patrocinados pelo WWF Brasil, em conjunto com a UNB, Brasília, por suas características geográficas e políticas pode impulsionar modelos alternativos e eficientes de geração energética; com apenas 0,41% de sua área, pode gerar, via energia fotovoltaica, eletricidade para atender toda a região.
      Exemplos de aproveitamento da energia dos novos polos tecnológicos, modernos e funcionando como “condomínios” multisetoriais estão espalhados pelo mundo. Mas, lamenta Brites, vivemos em um tempo onde ninguém está interessado em buscar novas soluções para velhos problemas, preferindo se fixar na visão político-partidária ditada para a administração pública. “Seria mais saudável e bem aceita pela sociedade o investimento em fontes energéticas alternativas, com o uso de áreas degradadas e espelhos de água. Nosso sistema de metrô poderia ser autossuficiente se colocadas placas geradoras de energia voltaica acima dos trilhos, como em muitos países”.
      - No DF, a miopia gerencial começa nas próprias empresas públicas: a CAESB joga lama de esgoto em áreas do cerrado, infiltrando no lençol freático metais pesados, hormônios e drogas, tudo que é prejudicial ao ser humano; a CEB não tem interesse em apoiar as novas energias em defesa de seu monopólio. E, assim, a população continua pagando pela ineficiência das empresas, sem ver atendidas suas necessidades, argumenta Brites.
      A CT de Energias Renováveis do Codese vem estudando de propostas a serem apresentadas aos candidatos ao GDF em agosto. Para que Brasília ocupe um lugar de vanguarda nas políticas públicas em eficiência energética e sustentabilidade, se faz necessário uma série de intervenções do governo, começando com estímulos à implantação de empresas de tecnologias sustentáveis; instalação de centrais de geração de energia fotovoltaica nas áreas públicas e mini/micro geração nos setores residencial, comercial e industrial; recuperação e valorização de resíduos sólidos urbanos e geração de energia através da Biomassa. 
        Além disso, salienta Brites, é preciso melhorar a eficiência energética com nas vias públicas e ambientes internos e externos; buscar vantagem fiscal: na aquisição de LED, painéis e equipamentos solar fotovoltaicos; oferecer financiamentos favoráveis para clientes, e, principalmente, favorecer as fábricas de equipamentos com incentivos para instalação de indústrias  e equipamentos solar fotovoltaicos no DF e na RIDE. 
         Mas, para tornar Brasília uma cidade inteligente, é preciso adequar a legislação e programas de financiamento para a instalação de sistemas de mini e microgeração distribuida em empresas, indústrias e residencias, permitindo a geração de sua própria energia, imune a apagões e aos aumentos dos custos. E, sem esquecer de utilizar tratamento do resíduos sólidos urbanos para a geração de energia através da biomassa.Como dizia Lavoisier, na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.

0 Comentários |



SIA Trecho 2/3 Lote 1.125 2º andar
Brasília/DF - CEP 71200-020
Tel.: (61)3234.8310 - Ramal: 215
codesedf@gmail.com
Jornal CODESE EM AÇÃO
Edição de Novembro/2019

 

 


Copyright ©2019 CODESE/DF
desenvolvido por